12 Comentários

Que texto lindo! Já está entre meus preferidos da sua news. Misturar mar e timeline num mesmo lugar é sensacional 😍

Expand full comment
author

que bom que vc gostou!! <3

Expand full comment
Nov 17, 2022Gostado por Vanessa Guedes

Adorei te ouvir. E num frio lascado com a chuva batendo na cara (enquanto ouvia vc falar sobre o mar). Eu estou como você, sem foco há dias, scrollando loucamente é um pouco ansiosa. Hehehehe. Vou ver se acho minha baleia assim como vc achou a sua. E preciso fazer uma errata: Erik Satie é o pai da música ambiente, que era chamada de “furniture music”, mas o Eno a popularizou e deu o nome. Amo: música de elevador, de ambiente, de móveis, de aeroporto. 🙂🙃

Expand full comment
author

confesso que lancei esse "pai" entre aspas pq mesmo as fontes falando que era ele, eu senti que se tirasse um dia pra cavocar, ia descobrir que não era hahaha. obrigada por essa! vou lá atrás de ouvir FURNITURE MUSIC (que nome incrível pqp)

Expand full comment

Mas todo mundo acha que é ele pq ele, então tá quase certo. Hahaha

Expand full comment

Eu amei esse teu olhar sobre o foco! Fez todo o sentido por aqui ♡ também amei a forma como você contou da experiência de estar nadando em alto mar, a deriva. Senti um frio na barriga de emoção. Um beijo 😘

Expand full comment

Foi muito bom te ler. Sempre recebi broncas por ser "sem foco", tudo me interessa, tudo chama a atenção. Envelhecer foi bom, pq desisti disso, ehehe. Boiando no alto mar :)

Expand full comment
founding

Às vezes eu pensava que o meu foco exagerado me deixava alheia as coisas que acontecem em volta. E penso em fazer o caminho inverso, pelo jeito, é melhor apreciar as baleias ao meu redor. Que texto estimulante, Vanessa obrigada

Expand full comment
founding

Lendo teu texto, lembrei que no verão meus pais gostam de ir pra praia e ficar lá sentados por horas, às vezes caminhar, às vezes jogar frescobol, às vezes comer algo. O objetivo é estar lá, sem foco, sem pressa. Nem sempre, talvez quase nunca, aparece uma baleia, e tudo bem com isso porque pra eles não precisa ter uma baleia lá. Levei um tempinho para deixar de rejeitar essa ideia 😅

Expand full comment
founding

Vanessa, curti mto o texto! Quando eu estava estudando pra uma certificação, aprendi uma coisa que chama “teoria do mosaico”. Agora fui dar um Google rápido e não encontrei a definição que tinha na cabeça, então vou explicar de memória e talvez cunhar minha própria definição no processo. A teoria do mosaico fala que um dos jeitos de formar uma opinião autoral é juntar os pedacinhos de várias informações com as quais você entrou em contato, muitas vezes desconjuntadas e de um mix de influências, tão difusas que fica até impossível fazer uma genealogia da ideia. O seu elogio à falta de foco me lembrou disso: como um dos jeitos (talvez o único?) de ter uma ideia nova é se deixar levar por diversos interesses e ideias, até que vem a mágica e eles encontram uma combinação interessante.

Expand full comment

Adoro associação com mar. Texto manifesto, adorei.

Expand full comment