Escrevo, logo existo

Tenho saudades de escrever sobre coisas gostosas. Foi assim que escrevi aquele texto sobre o amor, que acabou descambando para coisas nada gostosas, quando eu queria simplesmente falar de amor. Tem coisa mais gostosa do que o amor? Tem sim. Mas depende sempre do dia, do lugar e da pessoa. E tudo invariavelmente acaba se tornando amor, de uma forma ou de outra, mais cedo ou mais tarde.

Read →